Monthly Archives: Outubro 2019

Nove mil reclamações nos CTT no primeiro semestre de 2019

CTT e MEO lideram nas reclamações dos consumidores portugueses

Os serviços postais dos CTT foram os que receberam mais reclamações dos consumidores portugueses no primeiro semestre de 2019. Os CTT tinham um peso de cerca de 86% no total das reclamações logo seguidos da CHRONOPOST com 7%. Problemas de distribuição postal (entrega no domicílio e atraso) foram os mais reclamados, bem como o atendimento e o tratamento de reclamações. As reclamações sobre serviços postais estiveram relacionadas sobretudo com a entrega de objectos postais no domicílio (24% das reclamações) e com o atraso na entrega de objectos postais (24%). Com menor destaque, são de referir também o atendimento (21%) e o tratamento de reclamações (19%). Diminuiu a proporção e o volume das reclamações sobre desalfandegamento de objectos postais e atendimento. Por outro lado, destaca-se o aumento da proporção das reclamações relacionadas com o extravio de objectos postais, que passou de 11% para 14%, e com o tratamento de reclamações, que passou de 17% para 19%.

MEO é a marca que recebe mais reclamações nas comunicações electrónicas
Nas comunicações electrónicas a MEO foi o prestador mais reclamado (37%), seguida da NOS (34%), da VODAFONE (25%) e da NOWO/ONI (4%).
A faturação de serviços foi o assunto mais referido nas reclamações contra os prestadores de serviços mais reclamados, tendo sido registado em 33% das reclamações contra a MEO, 28% contra a NOS, 30% contra a VODAFONE (assunto mais reclamado, a par da contratação de serviços) e 38% das reclamações contra a NOWO/ONI.
Diminuiu a proporção e o volume das reclamações relacionadas com alteração do contrato pelo prestador, falhas nos serviços e desbloqueamento de equipamentos. Os aumentos na proporção das reclamações sobre cancelamento de serviços na MEO, atendimento ao cliente na NOS, falhas nos serviços e assistência técnica na VODAFONE e velocidade no acesso à Internet na NOWO/ONI foram os que mais se destacaram. Sobressai o aumento da proporção das reclamações sobre o cancelamento de serviços na MEO, passando de 11% para 20%. Na NOS, destacou-se o aumento da proporção de reclamações relacionadas com o atendimento ao cliente, que passou de 12% para 16%. A VODAFONE registou o maior aumento na proporção de reclamações relacionadas com falhas nos serviços e assistência técnica, tendo ambas passado de 9% para 16%. A proporção de reclamações contra a NOWO/ONI sobre a velocidade do acesso à Internet passou de 5% para 11% .
A informação sobre todos estes dados consta do sítio da ANACOM – Entidade Nacional das Comunicações.

Vídeos de O MIRANTE com 5 milhões de visualizações

Os cerca de 400 vídeos editados em 2019 pelos jornalistas de O MIRANTE tiveram cerca de cinco milhões de visualizações directamente do Facebook ou dos sítios do jornal o que representa um aumento de cerca de 50% em relação ao mesmo período do ano anterior.
O vídeo mais visto continua a ser “A vida no campo é difícil mas alegre” com 600 mil visualizações, seguindo-se o vídeo da colhida de um jovem na festa da ascensão na Chamusca com 120 mil visualizações; o funeral de Diana Ferreira, com 94 mil visualizações; o cortejo principal da festa dos tabuleiros com 80 mil visualizações; a Romaria a Cavalo de Lisboa a Fátima teve 73 mil visualizações e o vídeo do funeral de Ricardo Chibanga contou com 63 mil visualizações.
As cerca de seis mil publicações de O MIRANTE na rede social Facebook, em 2019 geraram um alcance de aproximadamente 24 milhões de utilizadores e perto de 300 mil reacções entre comentários, partilhas e gostos. Os leitores de O MIRANTE no Facebook são na sua maioria do sexo feminino (54%) e 60% encontram-se na faixa etária dos 18-44 anos. A grande maioria estão em território nacional mas regista-se também uma grande afluência dos leitores dos países de língua portuguesa, seguindo-se França, Suíça e Reino Unido.

Lisboa, Porto e Alverca são as cidades onde O MIRANTE online é mais lido

Os leitores de O MIRANTE online são na sua maioria do sexo masculino (54%), e 60% encontram-se na faixa etária dos 18-34 anos. Os leitores das cidades de Lisboa, Porto, Alverca, Santarém, Entroncamento, Paris, Montijo, Tomar e Amadora são, por esta ordem, os que mais acedem aos sítios diário e semanal de O MIRANTE. A nível internacional o maior número de acessos registaram-se em França, Brasil, Estados Unidos da América, Suíça, Reino Unido, Espanha, Angola, Noruega e Alemanha. O número de utilizadores que visualizam o site através do telemóvel cresceu 70% o que é também um número considerável e demonstrativo dos novos hábitos de leitura.

Sporting e Brieftime são destaque no online

A queixa do Sporting contra o Alverca após ter sido eliminado da taça foi a notícia mais procurada pelos leitores de O MIRANTE com 130 mil visualizações; números semelhantes obteve também a notícia da limpeza do armazém da Brieftime, no Porto Alto, e do leilão dos bens da empresa. A rua cortada em Santarém, após ter sido encontrado um engenho explosivo, teve 65 mil visualizações. A reportagem sobre o acidente nas escadas do Parque Ambiental de Santa Margarida, em Constância, também foi vista por 50 mil leitores.
Destaque ainda para o vídeo da renovação da Quinta da Atela, em Alpiarça; a notícia da acumulação de dejectos numa garagem em Santarém; a da jovem atropelada numa passadeira em Santarém; e a reportagem sobre Tomás, criança de Marinhais, cujos pais já conseguiram o dinheiro para pagar os tratamentos ao tumor que tem na perna.

10 milhões de visitas no sítio de O MIRANTE até Setembro

O MIRANTE continua a crescer online e a aumentar a sua influência em território nacional e internacional
Os sites diários e semanais de O MIRANTE tiveram 10 milhões de páginas vistas nos primeiros nove meses do ano, o que significa um aumento de cerca de 50% em relação ao ano passado. O número de utilizadores que visualizam o site através do telemóvel aumentou cerca de 70%. Paris (França) é uma das cidades onde mais se lê O MIRANTE online a par de Alverca, Lisboa, Santarém, Porto, Entroncamento e Tomar.
As notícias da morte de Luciana Santos, da Glória do Ribatejo, e a notícia sobre Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara de Santarém, a mandar o ministro Eduardo Cabrita ir passear o cão foram as mais vistas de 2019.
Também as notícias sobre as colhidas no Colete Encarnado e na corrida de toiros, em Coruche, mereceram a atenção dos leitores. A entrevista com António Oliveira, de Santo Estêvão (Benavente), que diz que “A Educação vem do berço e não é uma licenciatura que a dá”, voltou a ser um dos textos mais lidos este ano embora a conversa tenha sido publicada no início de 2018. Destaque ainda para a entrevista com Nuno Rocha, da Fundação CEBI, que apesar de ter sido também publicada em 2018 voltou a prender a atenção de novos leitores de O MIRANTE. A notícia sobre o desaparecimento de Maria Pereira, a criança de Vila Franca de Xira que regressou a casa de táxi, ao fim de dois dias, também foi das mais lidas online.

Notícias sobre empresas e empresários são as mais vistas da semana em O MIRANTE

As notícias de O MIRANTE tiveram ao longo da semana cerca de um milhão de visualizações no site e redes sociais. A mais vista com 250 mil visualizações e 220 partilhas foi a da inauguração do bazar da Alesgo, em Santarém. Também com cerca de 220 mil visualizações a reportagem acerca da possível burla com os frequentadores de um curso de produtos fitofarmacêuticos que nunca receberam o diploma. A notícia a dar conta da extinção da confraria do arroz carolino também esteve em destaque com cerca de 80 mil visualizações tal como a notícia acerca do pedido de insolvência da Brieftime, do Porto Alto, com cerca de 65 mil visualizações.
Mereceram ainda a atenção da grande maioria dos leitores online a entrevista com Margarida Direito, professora da Chamusca, a praxe solidária dos alunos da Agrária, o vídeo da CUF Santarém sobre práticas de ensino para salvar vidas e a notícia sobre Carla Alcaparra que viu o Ministério Público arquivar a sua queixa por burla, um caso que parece de outro mundo.

20ª edição do Galardão Empresa do Ano é em Fátima durante Encontro de Negócios da Nersant

Cerimónia decorre em Fátima na terça-feira, 22 de Outubro

Os prémios Galardão Empresa do Ano, uma iniciativa de O MIRANTE, organizada em parceria com a Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém, vão ser entregues pela vigésima vez, no dia 22 de Outubro. A primeira vez que foram entregues foi em Setembro de 2000.
A cerimónia decorrerá em Fátima, na Quinta D. Nuno, a partir das 19h30, e integra a edição deste ano do Nersant Business – Encontro Internacional de Negócios.
Nesta edição os prémios Galardão Empresa do Ano distinguem a Empresa do Ano; a PME do Ano; Empresa Mais Exportadora; Empresa que mais cresceu a nível de exportações; Jovem Empresário do Ano e Mulher Empresária do Ano. É ainda atribuído o prémio Carreira Empresarial.
No âmbito da sua postura interventiva ao nível da região O MIRANTE criou os prémios Galardão Empresa do Ano com o objectivo de distinguir e dar visibilidade às melhores empresas e aos melhores empresários da sua área de abrangência.
Fê-lo por considerar que o trabalho de criação de emprego e de riqueza deveria ser do conhecimento de toda a sociedade. Até então, só as grandes empresas nacionais eram destacadas a nível da comunicação social de Lisboa não sendo feita justiça ao tecido empresarial regional.
Para ajudar na selecção das melhores empresas e empresários O MIRANTE fez uma parceria com a Nersant que se mantém até hoje e que tem dado os resultados que todos conhecem.