Monthly Archives: Julho 2019

Reportagens sobre jovem de Tomar foram as mais vistas

As notícias e o vídeo sobre a história de superação do jovem Tiago, de Tomar, foram os mais vistos da semana tendo chegado a mais de 75 mil leitores e conseguindo mais de 400 partilhas nas redes sociais de
O MIRANTE. As notícias e o vídeo a dar conta da corrida de toiros de O MIRANTE, no Campo Pequeno, também têm merecido a atenção dos leitores com cerca de 60 mil visualizações ao longo da semana. Ainda em destaque a notícia sobre os lares ilegais em Benavente, as dívidas relativas ao Festival Nacional de Gastronomia, em Santarém, e a notícia e vídeo sobre os incêndios na encosta de Santarém que chegaram a cortar a Linha do Norte. Destaque também para a notícia da jovem de Santarém que ganhou os nacionais de escolas em ciclismo e as notícias e vídeo acerca da represa no rio Sorraia que gerou polémica entre a Associação dos Beneficiários da Lezíria Grande e ambientalistas.

O MIRANTE com 6 milhões de visualizações

Os sites diários e semanais de O MIRANTE tiveram cerca de seis milhões de visualizações nos primeiros sete meses deste ano, o que significa um aumento de cerca de 50% em relação ao ano passado. O número de utilizadores que visualizam o site através do telemóvel aumentou cerca de 70%. Paris é uma das cidades onde mais se lê O MIRANTE online a par de Alverca, Lisboa, Santarém, Porto e Entroncamento, entre outras.

Os sites diário e semanal de O MIRANTE tiveram seis milhões de páginas vistas nos primeiros sete meses deste ano, o que significa um aumento de cerca de 50% em relação ao mesmo período do ano anterior. As notícias sobre a morte e possível assassinato do jovem Ricardo Porfírio, de Coruche, e sobre o atropelamento e fuga de um casal de Riachos foram as mais vistas. Também as noticias recentes sobre as colhidas no Colete Encarnado e na corrida de toiros em Coruche mereceram a atenção dos leitores. A entrevista com António Oliveira, de Santo Estêvão (Benavente), que diz que “A Educação vem do berço e não é uma licenciatura que a dá”, voltou a ser um dos textos mais lidos este ano embora a conversa tenha sido publicada no início de 2018. Destaque ainda para a entrevista com Nuno Rocha, da Fundação CEBI, que apesar de ter sido também publicada em 2018 voltou recentemente a prender a atenção de novos leitores de O MIRANTE.
Os leitores de O MIRANTE online são na sua maioria do sexo masculino (54%), e 61% encontram-se na faixa etária dos 18-34 anos. Os leitores das cidades de Lisboa, Porto, Alverca, Santarém, Entroncamento, Paris, Montijo, Tomar e Amadora são, por esta ordem, os que mais acedem aos sítios diário e semanal de O MIRANTE. A nível internacional o maior número de acessos registaram-se em França, Brasil, Estados Unidos da América, Suíça, Reino Unido, Angola, Espanha e Noruega. De destacar o aumento de utilizadores que visualiza o site através do telemóvel com um crescimento de 70%.

Corrida de toiros no Campo Pequeno com um curro de Toiros da Ganadaria Grave

A corrida de toiros de O MIRANTE no Campo Pequeno, na próxima quinta-feira, 25 de Julho, é também a da comemoração dos 75 anos da Ganadaria Grave. A corrida está a motivar uma grande expectativa no Campo Pequeno, esperando-se ter um dos melhores espectáculos da temporada, também devido aos toiros Grave com uma apresentação ímpar, que pedem o bilhete de identidade aos toureiros, que levam o respeito para a arena e a emoção para as bancadas. A Ganadaria de Joaquim Grave fica situada na Herdade da Galeana, no Alentejo, mas o ganadeiro tem ligações ao Ribatejo, tendo sido investigador da Estação Zootécnica Nacional, no Vale de Santarém.
O MIRANTE ainda tem uma dezena de bilhetes para oferecer aos membros do Clube de Leitores. Ver mais informação sobre o espectáculo nas páginas 17 e 29 desta edição.

Notícia sobre edifício Salter Cid na Chamusca foi a mais lida

A notícia sobre o edifício Salter Cid, na Chamusca, que já custou à autarquia mais de um milhão de euros, foi a mais lida da semana, chegando a cerca de 70 mil leitores e conseguindo mais de 100 partilhas nas redes sociais de O MIRANTE. Os vídeos editados em O MIRANTE do Colete Encarnado, em Vila Franca de Xira, um deles sobre as colhidas graves que aconteceram nas largadas, e outro sobre a homenagem ao campino, foram vistos por cerca de 75 mil leitores. Ainda em destaque o vídeo da Festa dos Tabuleiros, em Tomar, que chegou a 50 mil leitores conseguindo 376 partilhas; notícia sobre o jovem que morreu na sequência de um acidente na A1; a fotogaleria acerca da inauguração de uma das salas de aula do futuro em Santarém e o vídeo da inauguração de um novo equipamento de enchimento de garrafas na Central de Cervejas em Vialonga.

Vídeos da Festa da Amizade em Benavente foram os mais vistos

Os vídeos editados por O MIRANTE relacionados com a Festa da Amizade em Benavente foram vistos por cerca de 100 mil leitores. Nos últimos dias estiveram ainda em destaque as notícias relacionadas com a agressão a um habitante de Paços dos Negros, que morreu entretanto devido aos ferimentos, que foram visualizadas por cerca de 50 mil leitores. A notícia e o vídeo sobre o Jardim de António Fagulha em Santarém contou com cerca de 40 mil visualizações nas redes sociais de O MIRANTE e no site diário online.

Corrida de O MIRANTE assinala 75 anos da ganadaria Murteira Grave

Corrida de toiros de O MIRANTE, no Campo Pequeno, a 25 de Julho, com um cartel ribatejano.
O MIRANTE associa-se mais uma vez a um grande espectáculo tauromáquico de valorização da cultura e tradições portuguesas, naquela que é a mais importante praça do país: o Campo Pequeno, em Lisboa. Vai ser uma corrida com um cartel quase todo ribatejano, no dia 25 de Julho, às 21h45, que assinala os 75 anos da Ganadaria Murteira Grave, uma das mais importantes do país e conhecida por ter toiros exigentes e portentosos.
Com um cartel preparado com distinção, actuam dois jovens cavaleiros ribatejanos: Francisco Palha e João Ribeiro Telles, e o cavaleiro de Pegões, Luís Rouxinol Júnior. Foram escolhidos dois grupos de forcados de renome, que valorizam a arte da forcadagem ribatejana: os grupos de Santarém e de Coruche, com a particularidade de os Amadores de Santarém serem capitaneados por João Grave, sobrinho do ganadeiro da corrida, Joaquim Grave, ele próprio também antigo forcado do grupo.
A Ganadaria Grave é uma das mais representativas de Portugal e seguramente a que mais presenças tem em corridas em Espanha. Esperam-se toiros com uma apresentação ímpar que pedem o bilhete de identidade aos toureiros, que levam o respeito para a arena e a emoção para as bancadas, como realça Paulo Pereira, do Campo Pequeno.
Esta corrida está a motivar uma grande expectativa no Campo Pequeno, que espera ter um dos melhores espectáculos da temporada. A começar pelo facto de os cavaleiros estarem a pontuar a temporada e por serem aqueles em quem os aficionados depositam maiores esperanças.
A Ganadaria de Joaquim Grave fica situada na Herdade da Galeana, no Alentejo, mas o ganadeiro tem ligações ao ribatejo, tendo sido investigador da Estação Zootécnica Nacional, no Vale de Santarém.